APRENDA COMO UTILIZAR A TORTA DE NEEM NO CULTIVO DE MORANGOS

Embora seja uma fruta bastante comum ao brasileiro, não faz muito tempo que o morango é encontrado no mercado nacional. Sem um registro preciso de quando o cultivo do morangueiro foi iniciado por aqui, o lançamento da cultivar IAC Campinas, nos anos 1960, é a referência mais próxima de sua popularização no país.

De lá para cá, o plantio da fruteira se expandiu e não parou mais de se desenvolver nos estados do Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais. Avançou também em áreas de regiões com diferentes solos e climas, como Goiás, Santa Catarina, Espírito Santo, Distrito Federal e Paraná. Por conta da rentabilidade que oferece, a cultura despertou o interesse de pequenos empreendedores rurais que praticam a agricultura familiar. Eles estão entre os principais produtores de morangos, em plantios espalhados pelo país.

A torta de Neem é um importante fertilizante que auxilia na produção de morango, estimulando seu enraizamento, floração e frutificação.

Rica em nitrogênio e demais nutrientes essenciais para o desenvolvimento das plantas, a torta de Neem promove maior crescimento, aumenta sua resistência ao ataque de pragas, doenças e eventuais situação de stress hídrico, nutricional, etc., contribuindo assim com frutos maiores e mais saborosos.

Aprenda como você pode produzir mais com torta de Neem:

  • A torta de Neem em sua forma em pó, pode ser misturada com a água numa proporção de 1Kg para 100L de água.
  • O ideal é realizar uma pré-diluição em 10L de água e deixar em repouso por 24 horas em um recipiente de preferência fechado.
  • Após as 24hrs, adiciona os 90 litros restante, sempre agitando.
  • Esta calda pode ser aplicada com o auxílio de um pulverizador costal sem os bicos aspersores, tendo assim um jato que deve ser direcionado na base da planta.
  • A quantidade de 100L é suficiente para aplicação média de 2.000 plantas de morango.
  • A aplicação pode ser repetida a cada 15-30 dias dependendo das condições na planta.